baixa auto-estima

Sabe quando você finalmente se olha no espelho, acha uma piada mas não consegue melhorar? Falta força de vontade? Se dê um tempo para que a sua auto-estima fale em primeiro lugar: EU não quero ser isso.

Escrito em 25 de fevereiro de 2016

Tem dias que agradeço por não precisar me arrumar pelos outros, mas ao mesmo tempo tem dias que me olho no espelho e penso: “Aninha, vc está um caco! Você tem uma bebê que dorme à noite, tem funcionária, vai se cuidar, mulher!!

Na gravidez da Alice tomei bastante cuidado para não ganhar muito peso pois dizem que aos 30 tudo fica mais difícil, e outra: era minha terceira gravidez! Engordei só 7Kg e ainda na gravidez estabeleci uma meta de emagrecer para o casamento dos meus cunhados. Furei com a meta e ainda engordei nos meses seguintes.

Depois de 4 meses… 21 de junho de 2016

Cerca de 1 mês depois do parto eu procurei um local para começar uma modalidade de pilates mas acabei não fechando e aí fui desanimando cada dia mais por não ter tido como fechar o tal pacote.

Sempre que via pessoas em suas vidas FIT malhando me dava uma preguiça… eu vi que não era a minha hora e quando chegasse eu faria direito. Mas eu não estava pronta. EU não queria aquilo pra mim naquele momento. Pra falar a verdade me irritava um pouco tanta gente se cuidando e eu sem vontade. A cabeça não estava focada. Eu também não coloquei como meta gastar (investir) em mim, então o dinheiro ia embora com outras coisas (inclusive comidas e churrascos em casa). Eu nunca tinha grana pra pensar na saúde e bem-estar.

Estava confortável comer o que eu quisesse e na hora que eu quisesse. Pra que dieta se eu estava próxima do meu peso? Variava uns 2Kg pra cima, perdia, na outra semana recuperava 1Kg, e assim eu seguia.

Uma semana eu dizia que ia parar de tomar refrigerante, na outra via tomo mundo tomando no fds e tomava. A dica de não comprar e não ter em casa é a que mais precisa ser levada a sério. Sempre tínhamos a velha desculpa “ahhh, mas o pessoal estará aqui e precisa comprar para o Fulano”.

O espelho da atualidade

E em fevereiro o snapchat entrou na minha vida… HAHAHAHA… verdade seja dita: Me ver todo dia com aquela cara lavada, mal vestida e sem fazer nada por mim me fez enxergar o quanto eu estava me deixando de lado.

Nesse meio tempo experimentei umas aulas, snacks e planos alimentares saudáveis mas não segui em frente. Agora virei a chave. Vou fazer isso direito.

Essa história continua no próximo post…

VEJA AQUI Pele, nutrição funcional e exercícios. O começo da mudança de vida (parte 1)

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.