4 comments

A escolha da escola é, muitas vezes, carregada de medos e incertezas – assim como a maioria dos assuntos da maternidade. Tentamos sempre fazer a melhor opção para o futuro dos nossos filhos e, para isso, é necessário estudar, comparar e se informar bastante.

Nesses quase cinco anos de maternidade, desenvolvi um “olhar treinado” na hora de visitar uma escola. Hoje em dia, consigo mais facilmente detectar alguns pontos em pouco tempo de observação. Fui convidada a fazer isso na Maple Bear, escola bilíngue com método canadense de ensino presente em quase todo o país, para contar para vocês qual a proposta e as minhas impressões. 

 

A rede de escolas Maple Bear

Já conhecia a Maple Bear de nome, mas a única referência que eu tinha é o fato de ser uma escola bilíngue. Depois da visita descobri que esse é um detalhe importante, mas que o método vai muito além disso.

Antes da visita, li a respeito da instituição e a primeira surpresa foi descobrir que ela está presente na maioria dos estados brasileiros. A rede conta com 89 escolas, sendo 68 delas já operantes e algumas por inaugurar. Conheci a escola de Campinas, mas é importante destacar que toda a estrutura de salas de aula, bem como a metodologia, currículo e apoio acadêmico são padronizados em todos os locais. A proposta educacional tem como prioridade o ensino em duas línguas (no Canadá é o inglês e o francês) e o aprendizado acontece em todas as esferas: física, intelectual, emocional e social.

Para saber qual a Maple Bear mais próxima ou se existe uma unidade na sua cidade, clique aqui e Agende uma Visita.

 

O método

O ensino é voltado para a formação do indivíduo e do cidadão pensante. Muito diferente de escolas tradicionais com carteiras enfileiradas e apostilas, o método é ensinado com prática e vivência dos alunos sobre o assunto. Cada sala tem Centros de Aprendizagem (Matemática, Blocos, Leitura, Artes, Sensorial etc.) e os alunos fazem um rodízio nos centros, passando por cada um deles e aprendendo de forma lúdica.

O objetivo é incentivar, desde os primeiros anos, a curiosidade, a experimentação, o prazer da descoberta e o compartilhamento de conhecimento. Em outras palavras a metodologia adotada pela Maple Bear faz com que o aluno não apenas aprenda, mas com que ele goste de aprender.

Por isso, o ensino canadense é baseado na experimentação, na descoberta e no compartilhamento de informações, e não na transferência de conteúdo de forma expositiva, por meio de livros didáticos e apostilas.

É importante ressaltar que, apesar da metodologia canadense, o currículo respeita todas as normas brasileiras estabelecidas pelo MEC.

IMG_9178

 

O Sand and Water Center recebe diferentes materiais dependendo do assunto que é abordado. Por exemplo, se a caixa é preenchida com água, pode-se aprender sobre o que flutua e o que afunda, e por aí vai. Todas as salas são organizadas dessa forma para que o aluno tenha uma aprendizagem mais estimulante e eficaz.

Apesar de seguir um mesmo método, cada professor tem liberdade para trabalhar com os projetos e assuntos.

IMG_9292

 

Os professores da Maple Bear são formados no Brasil e recebem treinamentos duas vezes ao ano por especialistas de ensino canadenses para garantir a qualidade do programa. No início do ano há um treinamento geral e, depois, os profissionais vêm novamente ao Brasil para o treinamento específico, onde acompanham durante 3 semanas a prática em sala de aula, orientando os professores.

As salas de aula contam sempre com pelo menos 2 profissionais: uma professora e uma auxiliar.

Ensino Bilíngue

Estudos comprovam que o aprendizado em várias línguas não afeta, tampouco atrasa, o desenvolvimento da criança. Muito pelo contrário: quando a criança é alfabetizada na segunda língua, é natural a ela e a compreensão é muito mais fácil.

Além disso, o benefício de longo prazo do bilinguismo é comprovado cientificamente, com incidência bastante inferior à média de algumas doenças na terceira idade, como o mal de Alzheimer.

Na Maple Bear Brasil as crianças de 18 meses a 4 anos fazem imersão no inglês (100% do estudo é feito na língua inglesa).

Maple Bear Campinas escola bilingue taquaral mural

A língua materna entra em 25% da grade curricular a partir dos 5 anos (1h/dia em português, e 3h/dia em inglês) e, a partir do primeiro ano do ensino fundamental, é feito 50% do ensino em cada língua.

Para os novos alunos que não têm vivência na segunda língua, a escola oferece o programa BridgeS Elementary, a fim de reforçar o desenvolvimento linguístico dessas crianças, garantindo maior participação do aluno e melhor aproveitamento do ensino. Como o método consiste em explorar, descobrir e dar autonomia às crianças, eles se tornam pessoas melhor preparadas e apaixonadas por aprender.

Espero que tenham gostado assim como eu! É ou não é muito mais do que uma escola bilíngue? Vocês já conheciam o programa? Não deixe de agendar uma visita na Maple Bear da sua cidade, veja aqui.

Bjossss

Esse post contou com o incentivo de uma empresa que acredita e confia no LookBebê e que confiamos.

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.