5 comments

Oiiiii pessoal!!!

Vou falar um pouquinho dos malabarismos que fazemos para que nossos filhos comam.

Quem nunca brincou de “aviãozinho”, ou de esconder, ou fez palhaçada para aproveitar a risada do bebê e “enfiar” a colher de papinha?

Especialistas dizem que não devemos distrair as crianças com brinquedos, jogos, televisão, etc mas e se você acha nesses meios eletrônicos de entretenimento a única solução para que eles comam? Vou contar por que estou falando isso tudo.

Venho acompanhando a curva de crescimento e peso da Bruna com a pediatra nos últimos 8 meses e o que acontece é: ela continua crescendo, mas praticamente não ganha peso, o que faz com que ela “despenque” na curva. A pediatra só não pediu exames antes justamente pelo fato de que a Bru é super esperta, desenvolvida e continua ganhando altura, mas amanhã será a última chance dela para ver se ganha peso ou se vai ganhar um belo pedido de exames de sangue. Minha pequena nunca foi “furada”. aiaiiiii

Para complementar, ela toma um polivitamínico (Clusivol) (quando eu lembro né? Lembra da mãe imperfeita??? pois é.. está aqui mais uma falha.)

Nunca achei que o problema dela fosse anemia, até porque ela se alimenta de uma forma saudável. O “único” problema é que não come quantidade. Ela não bate um pratão de arroz e feijão. Prefere muito mais brócolis, pepino, tomate e cenoura! Pois é, acreditem! Eu AMO, acho lindo e incentivo, mas ela esta em fase de crescimento e precisa de carboidratos.

Depois da mamadeira das 14:30hs (+-) ela só toma algum suco ou yacult no final da tarde e janta depois das 19h. O pior é que ela não se interessa por quase nada: bisnaguinhas, biscoito de polvilho, torrada. Fruta ela ama!! Eu sei que é super saudável, mas não “enche barriga”  como um carbo né?!

Bom, falei isso tudo porque descobri uma maneira de dar muita comida pra à Bru… e a pior delas: assistindo desenho no celular.

Pode falar o que for, mas consegui dar 3x mais comida a ela!!!! Será que eu vou me arrepender? Estou viciando minha filha em desenho, coisa que eu sempre repudiei? (TODA mãe, pelo menos uma vez cospe pra cima! Quem nunca?)

Eles ficam “entediados” quando estão ali só para comer, sem distração nenhuma. No cadeirão ainda consigo dar comida pra Bru em menos tempo, mas quando ela insiste em comer na mesinha dela (que fica na ‘brinquedoteca’), ela levanta e pega TODOS os brinquedos que tem vontade, e além de alimentá-la, precido dar comida pra Dora, pra gata Marie, pro Botas, pra Minnie e por aí vai. Vão se de 40 minutos a 1 hora nessa “brincadeira”.

Depois que ela aprendeu a abrir o App do Netflix no celular, perdi ele (mais um cuspe pra cima). Ela coloca Dora, Caillou ou Wonder Pets e eu vou dando comida, comida, comida. Na sexta-feira não sei como ela não explodiu. Rsrsrs

Sofri tanto com a alimentação dela nos dias em que ela esteve doentinha e depois disso também (as famosas fases), que quando vi que ela comia comia e não reclamava fui dando tudo o que tinha na geladeira.

Dá uma olhada na refeição do jantar (depois de horas sem comer, claro):
P.S. LEIAM A LEGENDA.

Jantar de sexta-feira

Hoje, repeti o processo e ela comeu 3 vezes e em seguida ainda tomou a vitamina. Não sei quais serão as consequências disso, mas estou muito feliz que ela tem comido melhor e estou até achando as bochechinhas mais gordinhas. 

Bochechinhas maiores ou impressão da mamãe?

Vou tentar variar os desenhos, diminuir a quantidade aos poucos e alternar com jogos e outras atividades, mas enquanto eu depender disso para ela se alimentar melhor (quantidade) e conseguir poupá-la dos exames e remédios, farei.

Dicas:

Sempre estimular a alimentação saudável e ensinar o nome dos alimentos. Não é arvorezinha, é brócolis.

Aqui ela pede MEMINO (Pepino), MATE (tomate), NOULA (Cenoura), TATATA (batata), e sabe muito bem quando não quer arroz e prefere macarrão. O importante é oferecer sempre todos os grupos de alimentos. Eu peco aqui nos grãos, assumo. Feijão não é o meu forte, mas em compensação come uma sopinha de feijão e macarrão (+ cenoura e frango) como ninguém e assim vou compensando.

Entretenimento:

  • Desenho
Assino o Netflix em casa (R$15/mês) e temos a opção de assistir na TV, app do iPhone/iPad ou site. Super indico! Tem nos salvado!
  • Jogos

Outra opção que já funcionou aqui em casa é um joguinho para iPhone chamado Yumsters, onde você dá comidinha (frutinhas) para as minhoquinhas. Ela adorava! Ia comendo e dando comida.

  • Livros
Ela ganhou um livro com som que ensina as cores em inglês e está adorando. Vai vendo os animais, cores, e vai apertando do lado, escutando e aprendendo.
  • Brinquedos
Alimentar os brinquedos, quem nunca?
  • Recompensa (quem nunca???)
As recompensas aqui acontecem, mas de uma forma saudável. Não troco comida por doce ou chocolate, e sim por água, suco ou frutas pois ela adora, e se dependesse dela trocava a comida por eles.
Bjosssss

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.