Oii gente

Já vi nas redes sociais que muitos de vocês adoram o frio, mas vamos combinar que a saúde nos nossos filhos não curte nem um pouquinho essas mudanças drásticas na temperatura, né?!

Não estou aguentando mais acordar escutando as tosses da Clara e saber que eu “não cuido” bem o suficiente porque a mãe indisciplinada começa a dar o xarope, e não termina. O tempo melhora, ela melhora, a minha dor de garganta melhora, a coriza da Bru melhora. Aí esqueço de terminar o ciclo do meu antibiótico com tanta coisa na cabeça, viagem, etc.

Esfria, fica todo mundo lascado. Minha dor de garganta/faringite vem dar o ar da graça. As meninas que “só” tossiam, agora tem coriza e tosse. Pelamorrrrrrr.

Desde que começou a esfriar há alguns meses a Bru dormiu váaaarias noites no meu quarto (a maioria delas) pois sempre tira as cobertas. Achei que ela estava ficando muito dependente, comecei a colocá-la de volta na cama dela, mas se ela acorda de madrugada, pede pra vir pra nossa. E tudo bem assim, é uma delicia. A Clara continuou no dela, pois sempre ficou bem e não arranca todas as cobertas, mas essa noite eu não coloquei ela pra dormir de “ursinha”, apesar de continuava bem agasalhada. Pois bem… Acordei e fui pegar minha filhota tosse-tosse e as mãozinhas estavam geladas!

Então, a partir de hoje, enquanto estiver frio fica decretada a cama compartilhada aqui em casa, afinal, foi pra isso que compramos uma cama king size quando mudamos pra cá. E se eu achar que a Bru pode dar umas pézadas na Clara, monto o berço desmontável aqui do meu ladinho. Com certeza o ambiente vai ficar mais quentinho com quatro respirando que o quarto dela “vazio”.

Screen Shot 2013-07-26 at 10.02.42

Não, eu não tenho aquecedor… vejo tanta gente falando que tem medo de deixar ligado no quarto dos babies e ficar muito quente. O que acham? E de qual tipo?

bjosssssssss

 

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.