As crianças que nascem e crescem na cidades grandes tem menos oportunidades de aproveitar as coisas simples da vida. O mais prático é brincar no playground do prédio, assistir a desenhos no tablet, e viver uma rotina cercada de concreto e coisas materiais.

Para quem mora no interior ou no campo, ver uma vaca na rua ou em um terreno não é um evento, mas ver um avião cruzando o céu, é.

Para a minha filha, ver uma vaca ou galinha é um acontecimento especial. Aqui onde moramos, se eu quiser que ela tenha contato com animais de fazenda, preciso levá-la a mini-zoológicos e “Fazendinhas”, comuns na região. Felizmente não dependo somente desses lugares para que ela os conheça.

No último final de semana fomos para o sítio da minha avó e minha tia a levou para ver as galinhas e pegar os ovos. Foi a coisa mais fofa do mundo!

Ela ficou encantada, cuidando dos ovinhos “rosinhas” e antes de vir embora perguntou se poderiam trazer os ovinhos que ela pegou. Rapidamente minha avó pegou uma caixinha de ovos que ela tinha e preencheu com 6 ovos das galinhas do sítio.

Viajamos por mais de 6 horas e quando chegamos na garagem, lá foi ela carregar a caixinha dos ovos com o maior cuidado e dedicação em uma das mãos, e na outra sua mochila de rodinhas com brinquedos de plástico.

<3
<3 Bruneca cuidando dos ovos e levando pra casa

Fiquei super feliz de poder proporcionar esse momento da forma mais natural e gostosa possível. Melhor ainda foi ver a alegria e a carinha dela com as novas descobertas.

Como é por ai? As crianças tem contato com animais de fazenda, sítios e outros do meio rural?

Não parou por aí não! Depois conto mais sobre o que ela aprendeu!

 Bjinhossss

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.