1 comment

Durante a gravidez, surgem algumas dúvidas, como: Quando devo lavar as roupas do bebê? Quais produtos são indicados para a pele delicada? Será melhor sabão em pó ou líquido? Devo lavar as roupas à mão ou à máquina? Especialistas tem sempre a melhor resposta, e eu, como mãe de três, assino embaixo das dicas:

ANTES do bebe NASCER
  1. Separe baldes novos para as roupas do bebê
  2. Utilize um sabão de roupas específico para bebês
  3. Lave as roupas do bebê após 29 semanas de gestação
  4. Lave primeiro roupas de cama, mantas, roupas de recém-nascido e 0-3 meses e os demais tamanhos conforme demanda e necessidade
  5. Lave em máquina para garantir a remoção de resíduos de produtos
DEPOIS que o bebê começa a SE SUJAR

Duas fases marcam o desenvolvimento do bebê (e a sujeira das roupas) no primeiro ano: quando começam a comer e a engatinhar. Depois disso, o conhecido e verdadeiro lema “se sujar faz bem” nunca mais sairá da sua casa! E agora, OMO acaba de lançar o OMO Puro Cuidado, que tira as manchas mais difíceis dessa fase, como papinhas, sucos e leite materno, sem abrir mão do cuidado com a pele delicada dos bebês e crianças. Com isso, a introdução alimentar e as tentativas de BLW se tornam menos dramáticas, né?

Sobre o OMO Puro Cuidado

Essa nova linha tem pH balanceado, é hipoalergênica e foi testada dermatologicamente, e por isso pode ser utilizada para lavar as roupas do bebê, enxoval e pelúcias. Felizmente agora temos um produto que não precisa ser trocado por outro mais eficaz quando as crianças crescem e a sujeira também, já que tem a qualidade dos sabões OMO. <3

amo puro cuidado

Está disponível em 2 versões: Sabão em pó (1Kg e 2Kg) e sabão líquido (3L).

E ai, vocês gostaram da novidade?

Para mais dicas, deem uma olhada no site omo.com.br/puro-cuidado

Bjssss

Esse post recebeu incentivo de uma empresa que acredita no LookBebê e na qual confiamos.

 

Sobre Aninha

Mãe de um trio de meninas: Bruna (6), Clara (4) e Alice (2). Dedico meu tempo à minha família e ao LookBebê. Antenada, adoro redes sociais e tecnologia e mais ainda, compartilhar conhecimento e informações sobre a maternidade. Sou (fui) Biomédica, pós-graduada em Engenharia Biomédica, mas optei por mergulhar de cabeça na maternidade.